sexta-feira, 31 de julho de 2009

Sedução

- Eu sinto falta é do clima de sedução
- Como assim?
- Sedução, de uma pessoa se insinuar pra outra, fazer charme, seduzir. Eu mesmo nunca fui seduzido.
- Em boate é assim, mas você não vai
- Boate é diferente, to falando de sedução, não de pegação
- Qual a diferença?
- Boate a coisa tem que ser rápido, ninguém tem tempo, é só pressa. O cara pega a mulher pelo braço, se a garota dá um sorriso o cara cola ela na parede e tasca um beijo sem nem saber o nome, sei de um cara que beijou um traveco assim.
- Sério?!?
- É, a loira maravilhosa sorriu, depois dele beijar perguntou o nome e ouviu aquele "Sérgio" com voz grossa. Nem sei se era esse o nome do traveco.
- Hahahahaha!!
- Pior que Ronaldo, aquele lá sabia que tava levando Mulher Banana pra casa.
- Hahahaha!!
- Mas entendeu a diferença? Na boate se a mulher olha um pouco pro cara, quer que ele chegue logo, se outro chegar antes é capaz dela topar na boa e dizer que o outro foi lento, tem que ser rápido, deu mole, perde a vez.
- Ah, mas quem vai querer ficar hoooras seduzindo outro?
- Alguém que saiba fazer, que goste disso. Acho que por isso tanto cara é galinha, só pela conquista.
- É?
- É, tem muito cara que quando casa ou namora sente falta justamente de poder conquistar, do mesmo jeito que tem mulher que sente falta de seduzir. As que gostam, claro. Se bem que muitas gostam mesmo é de dar mole só pra depois dar o toco.
- Ah, que isso!
- Tô falando, conheço várias assim.
- Hummm...
- Uma vez eu li sobre um casal, casado, que fazia brincadeiras assim. Ela ia pra um bar e ele ia depois. Durante a noite ele tinha que conquistá-la. Se conseguisse ele a levava pra casa e ela se fantasiava pra ele. Se não, ele ficava na punheta mesmo.
- Hahahaha!!
- Foda é que um já conhece o outro, ele sabe do que ela gosta e ela sabe por onde desviar, o lance é o cara pegar aquele ponto irresistível, que ela não consegue fingir que não gosta.
- Ah, é verdade, mas hoje é difícil homem saber disso. Tem tanto cara que depois de anos não sabe nem a comida preferida da namorada. Quantos aí não sabem nem satisfazer suas mulheres na cama?
- É mesmo, homem é desligado, não se atenta pra certos detalhes, nem os mais evidentes. Mas isso de satisfazer mulher na cama é mais complicado.
- Por que?
- Porque a mulher tem que ajudar de alguma forma, nem que seja não fingindo!
- Ah, mas todo cara adooora quando a mulher goza, mesmo que seja de mentira! Hahahaha!!
- Isso é mesmo, mas já pensou que enquanto ela finge e ele acredita, eles nunca vão se entender? Ele acha que tá agradando, acha que aquilo que faz tá bom, nunca vai saber que a mulher tava pensando na cor nova pro teto.
- Pqp... hahahahaha!!
- Tem muito cara preguiçoso mesmo, que nem tenta descobrir algo novo, mas tem muita mulher que não ajuda, fica com vergonha de falar com o parceiro sobre o que gosta, nem que seja uma orientação básica como levar a mão de um lugar pro outro. Pô, por mais experiência que o cara tenha, cada mulher é uma, a quilometragem vai dar ao cara mais idéias do que pode agradar a ela mas não é garantido.
- Realmente...
- Mas como a gente chegou foi pra cama tão rápido? Agora há pouco ainda estávamos na sedução, já estamos tentando chegar ao orgasmo, a afinidade sexual, pqp...
- Hahahahahaha! É mesmo!
- Viu como as coisas são rápidas agora? A sedução acabou de lado de novo...
- Ah, que isso, o negócio não é atingir logo o objetivo?
- Nem tanto, jogar o jogo é melhor do que o final dele.
- Ai, que complexo.
- É, se não fosse complexo não tinha graça

-------------------------------------------------------

Ah, só pra explicar, minha idéia de fazer dança de salão morreu no mesmo ano que nasceu, em 2004. Fiquei esperando uma escola me ligar quando abrisse turma e até hoje nada. Desisti, melhor fazer coisas que tenham mais a ver comigo.

Um comentário:

nina_zaretchnaia disse...

Que delicia de texto!!! Me deu vontade de leva-lo pro teatro.

Adoro seduções... e odeio boates...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails