quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Benito di Paula e minha caixinha de maldades


Há um tempo atrás contei de algumas maldades que eu disse por aí. A última foi mais de ação do que de palavras... Mas foi só uma vingança que, como dizem, é um prato que se come frio, ou uma fruta que tem que se esperara amadurecer. Esperei quatro dias pra dar o troco...

O amigo oculto do trabalho foi um pouco diferente, um que está meio na moda em que todo mundo coloca os presentes num monte, cada amigo sorteado escolhe um e se não gostar pode trocar o presente com um que foi tirado antes. Claro que sempre um ou outro compra algum presente de sacanagem e eu acabei com um CD do Benito di Paula na mão. Nada especificamente contra o cantor/compositor, só não é meu estilo, nem conheço, enfim, não gosto. E o cara comprou de sacanagem. Para azar dele, eu o descobri, e jurei vingança.

Hoje esperei ele chegar no trabalho (para azar maior ainda, ele senta do meu lado) e, calmamente coloquei o CD pra tocar. Óbvio que ele não gosta, se gostasse não teria comprado de sacanagem!!! E claaaaro que ele sofreu o dia todo ouvindo "Charlie Brown" enquanto todo mundo do setor, incluindo a gerente, ria!!

E vai ser assim até eu sair de férias o que, para a sorte dele, é na sexta!!!

4 comentários:

Vicky disse...

Ahahaha!
Só você, Daniel!
Essas vinganças são as melhores! :*

a calma alma má disse...

Vingança boazinha.
Você é do bem.
bjo

Moça disse...

Ai, cacildes! Antigamente diziam que a vingança vinha a cavalo, agora vem a jato... rsrs
bjs

Adao Braga disse...

manda o CD pra mim!!
Eu gosto!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails