sábado, 28 de julho de 2007

Pagando vinte reais

Já paguei micos horríveis. Uma vez levei um estabaco de bicicleta em plena avenida Vieira Souto em um domingo de Sol. FIquei sem freio, meti o pé na roda da frente (tinha que ter sido na de trás) e capotei. Não sei se alguém viu, mas deve ter sido cômico.


Uma vez também dormi no ônibus. Claro, muita gente dorme no ônibus mas eu dormi em cima de uma menina, quase agarrei a pobre, nem sei direito como. Sei que ela me olhou muito p... da vida (com razão, claro) e eu fiquei com uma cara entre, "o que houve?", "onde estou?" e "o que eu tô fazendo aqui?", apatetado e sonolento. Levantei e desci, por sorte era meu ponto. Acho que nunca mais peguei essa linha de ônibus.


Eu fui escoteiro quando tinha 11 anos. Uma vez no colégio um outro garoto, que também era, me convenceu que eu tinha que bater continência durante o hasteamento da bandeira. E eu fiquei na frente do colégio todo com uma continência muito mal acabada. Pelo menos estava de costas e não vi as risadas que as outras crianças devem ter destinado a mim.


Também já tive micos que, digamos, alguns professores me fizeram pagar me esculachando na frente da turma toda. Esses não tiveram graça, nem hoje tem. Esculachar uma criança de 11, 13 anos não tem graça e alguns professores lá pareciam gostar disso, curiosamente os de geografia.

2 comentários:

Gesis disse...

Sou campeã em pagar mico...
No colégio tinha uma professora de português q adorava reclamar da vida e pegar no meu pé. Não sei o q era mais chato!

Vanessa disse...

Falou em pagar mico, é comigo mesmo! Hahahaha
Cair no meio da rua... falar besteira na hora errada :P

Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails