terça-feira, 19 de julho de 2011

Hernione


Essa na foto é a Hernione. Não, não é Hermione, essa é a amiga do Harry Potter, aí em cima é a Hernione mesmo, minha hérnia de disco. Fomos apresentados oficialmente ontem quando o ortopedista pegou a primeira página da ressonância magnética e deu de cara com ela sem nem precisar analisar muito. Não parece mas o laudo diz que são 0,7cm pressionando minha medula e fazendo com que eu sinta dores absurdas nas costas e por vezes dormência nas pernas, especialmente quando me levanto.

Hernione é o tipo de coisa que com cuidado poderia ter sido evitada mas que para tal precisamos de ajuda profissional. O profissional que costuma nos ajudar a evitar esse tipo de coisa se chama médico, de preferência um especializado em ortopedia. Muitas pessoas falam por aí que ortopedistas em geral não prestam e, infelizmente, tenho que concordar. Já fui em vários e a opinião que acabo tendo é essa. Raio-x, antinflamatório, repouso e fisioterapia.

Se não me engano, a primeira vez que fui a um ortopedista reclamando de dores nas costa foi em 2008. Achava que eram dores musculares e ele só me passou algumas recomendações. Em 2009 uma crise me fez deixar de trabalhar por dois dias e o médico seguiu o roteiro citado, incluindo RPG dessa vez. Agora, com os sintomas que eu disse acima, o médico pediu a ressonância e lá estava Hernione.

Eu já falei aqui que médico não é uma profissão como outra qualquer. Se os médicos anteriores - incluindo uma avaliação no trabalho - tivessem procurado saber um pouco mais, talvez eu pudesse ter tomado os cuidados necessários para evitar que chegasse a esse ponto. Ainda nem sei se vou precisar operar.

Sou engenheiro, uma profissão que considero chata e até fácil de ser executada, basta fazer a faculdade, é para qualquer um, medicina não. No entanto por vezes eu passo o dia todo analisando se um cabo elétrico serve para a instalação necessária, isso porque preciso saber se aquele cabo, com vários fatores de cagaço, vão suportar a corrente necessária, se não vão aquecer e pegar fogo. Preciso ver se, caso ele pegue fogo, a fumaça não será tóxica para alguém que estiver por perto e te garanto que na maioria das vezes não terá ninguém por perto. Preciso ver se uma caixa possui especificação suficiente para ser instalada numa área relativamente perigosa por que, caso aconteça um vazamento de gás, caso o gás entre na caixa, caso haja algo quente ou talvez uma faísca, a caixa pode explodir. São sempre hipóteses raras e difíceis de acontecer e, caso eu erre, pode ser que, quem sabe um dia, ao longo dos próximos 30 anos, aquela porcaria exploda. Todos esses equipamentos são quase sempre superdimensionados. E, caso algo realmente aconteça, pode ser algo pequeno que um extintor de incêndio resolva, nada que chegue no nível da P36 ou Chernobyl. Mesmo assim, trabalho o tempo todo com essa possibilidade.

E o médico, que lida na hora com a vida de alguém, devia pensar um pouco mais nas possibilidades e riscos que estão ali envolvidos. Ah, vão dizer que os planos pagam merreca, que precisam atender 1000 pessoas por dia, etc. Não sabiam disso quando fizeram um dos processos seletivos mais difíceis do país? Eu sabia onde estava me metendo quando fiz o meu, tanto na engenharia quanto na Petrobras. Fez só pela grana? Então eu te falo com todas as letras, VOCÊ ESTÁ NA PROFISSÃO ERRADA!! Você escolheu mal, procure outra coisa para fazer, não pense na vida dos outros como um bolo de dinheiro.

Já falei coisas desse tipo para amigos que queriam fazer medicina, poderia ser radical como a Iara mas felizmente ainda conheço médicos que honram a profissão. São poucos, mas existem. Você também pode pensar que eu estou reclamando muito só por causa de uma hérnia quando tem muita gente com até duas e vivendo por aí. Bom, a hérnia é minha, o problema é meu e fico puto de pensar que poderia ter sido evitado se outros médicos fossem competentes. E este é o meu caso, quantos casos mais graves existem por aí? Quantas pessoas voltam pra casa e morrem de dengue porque o médico disse que era uma virose? Eu sei o que acontece se alguém deixar uma ferramenta dentro de um painel mas será que um cirurgião sabe o que acontece quando esquece uma tesoura dentro de alguém?

Um comentário:

Julie Rossi disse...

quando precisar de uma forcinha é só chamar... dor é f...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails